Projeto Java Desktop com Maven

Para este post estarei iniciando um projeto de aplicação desktop utilizando o Netbeans, Hibernate e o Maven.

Estarei utilizando neste projeto o padrão de persistência DAO (Data Access Object) por se tratar de algo bem simples. Ao término deste começarei um novo projeto utilizando EntityMannager e SpringFramework algo mais elegante.

Bom por que utilizar o Maven ?

O Maven é um framework que considero muito interessante, ele irá nos proporcionar um certo conforto no desenvolvimento do projeto, uma vez que ele será o responsável por gerenciar nossas dependências, e consequentemente nosso projeto inteiro. Como ele faz isso acho que ficará mais claro no andamento do projeto.
Para iniciar devemos primeiramente configurar o Maven em nossa máquina e no NetBeans, para isso recomendo ler o post do meu amigo Thiago Marques que explica passo a passo como fazer isso.

Próximo passo agora é a criação do projeto no netbeans.
Quem desenvolve projetos desktop está acostumado a criar um projeto simples, porém para utilizar o Maven temos uma pequena diferença.
No menu vamos em Arquivo > Novo Projeto.  Ou pelo atalho CTRL+SHIFT+N.
Iremos selecionar em categorias a opção MAVEN e em Projeto APLICATIVO JAVA.

Ficando como na figura abaixo.

Na próxima tela inserimos algumas informações de nosso projeto ficando da seguinte forma.

Para este projeto, por se tratar de algo bem simples estas informações acima não são de muita importância, mais para projetos futuros que envolvem um pouco mais de complexidade explicarei a importância de tais informações. Já de inicio digo que tais informações estarão incluídas no arquivo POM.xml que é nosso arquivo de configuração do Maven.

Terminado a estrutura de nosso projeto deverá ficar desta forma

Iremos excluir o pacote com.MeuPrimeroProjeto  existente no diretório Pacotes de códigos fonte e Pacote de teste, deixando nosso projeto da seguinte forma.

Ao término teremos nossa estrutura da seguinte forma:
Pacote de códigos-fonte – Onde serão inseridos os pacotes de nosso projeto, classes, interfaces e formulários e etc.
Pacote de testes – Caso utilize testes automatizados tudo relacionado a isso deve ser incluído neste pacote.
Dependências – Onde serão inseridas as bibliotecas do projeto.
Testar Dependências – Onde serão inseridas as bibliotecas de testes caso seja feitos testes automatizados.
Arquivos do Projeto – Onde fica o POM.xml que é nosso arquivo de configuração do Maven, nele serão declaradas nossas dependências do projeto, plugins para compilação e tudo mais. Entrarei em mais detalhes nos próximos posts.

Com isso termino por aqui este primeiro post de inicialização do nosso projeto, para o próximo post iniciarei a criação das classes formulários e interfaces, lembrando que disponibilizarei no GITHUB todo o código quer for gerado neste projeto.
Até mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s